Entre em contato com a redação: (86) 9426-9799  /  reportersaraiva@hotmail.com / José de Freitas - PI
Escrito por Saraiva    Ter, 04 de Maio de 2021 14:20    PDF Imprimir Escrever e-mail
Com deputados na boca da porca, MDB cobra governador do Piauí mais espaços no Governo

O deputado estadual João Mádison está desesperado. Como se diz no interior, ele está na boca da porca. E a situação dele preocupa todo o MDB num efeito dominó. Tanto que os demais deputados deram a ele apoio para puxar a faca e cobrar do governador Wellington Dias (PT) mais esforço para eleger os caciques do partido em 2022. E essa conta vai sair cara pro Piauí.

O FIM DAS COLIGAÇÕES

Para quem não lembra, o finado deputado federal Assis Carvalho, na condição de presidente estadual do PT, queria que seu partido seguisse em chapa pura para a disputa proporcional. O MDB achacou o governador Wellington Dias até que o PT fosse forçado a entrar na coligação geral da base.

João Mádison: a língua que fala pelos bastidores do MDB pode ficar fora da ALEPI nas próximas eleições (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica)

O efeito prático disso foi que o MDB teve 50 mil votos a menos que o PT, mas emplacou 6 deputados na Assembleia, contra apenas 5 dos petistas. Foram os votos do PT que também garantiram a eleição de Marco Aurélio Sampaio, do MDB, como deputado federal, na última vaga da coligação.

O MDB concentra sua votação historicamente em 6 caciques do partido. Isso foi desestimulando lideranças com expectativa menor de votação a permanecerem na sigla. Ao mesmo tempo, no PT, apesar dos casos de personagens mais favorecidos (uma vez o próprio Assis Carvalho, outra vez Rejane Dias, e mais recentemente Francisco Limma), a votação é mais distribuída entre militantes do partido.

Agora não tem mais coligação. O PT -- achem ruim ou não -- fez o dever de casa e está pronto para aumentar suas bancadas proporcionais. O MDB quer mais uma vez "passar de ano colando".

O EXEMPLO DE JOÃO MÁDISON

O mais folclórico deputado do MDB em atividade hoje no Piauí está prestes a ficar sem mandato, como aconteceu nas eleições de 2002. Naquele ano, ele atingiu a marca 17.044 votos, sendo apenas o sexto nome do seu partido nas eleições, ficando na primeira suplência do partido.

Será a hora da porca? Nas últimas 5 eleições, João Mádison foi eleito 4 vezes, em todas as vezes na sexta e última vaga do MDB (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica)

De lá pra cá, foram 4 mandatos consecutivos: em 2006, João Mádison conseguiu 23.164 votos, foi o 23º colocado geral, sendo o sexto e último do seu partido.

Já nas eleições de 2010, Mádison novamente ficou na sexta vaga de seu partido, conseguindo se eleger com uma votação inferior de quatro anos antes, com um total de 22.820 votos.

Em 2014, novamente a sexta colocação dentro de seu partido. Mais uma vez o último deputado eleito pelo MDB, com 26.722 votos.

Para não quebrar a tradição, como se fosse coisa combinada, novamente João Mádison ficou com a sexta e última vaga do MDB nas eleições depois de chegar aos 30.118 votos, sua maior votação como deputado estadual do Piauí. É uma votação que cresce, dá pra ver, mas não tanto quanto o gado de primeira qualidade que ele tem em suas fazendas.

Se o MDB perder uma vaga na ALEPI, quem será que tem mais chances de se dar mal? É, as coisas não estão bem para ele, até por que nas últimas eleições estaduais, o quinto colocado do MDB, Pablo Santos, ainda teve quase oito mil votos a mais que João Mádison. E sem falar das inúmeras derrotas nas eleições municipais de 2020, a começar pela desmoralizante vitória de seus adversários no município de Corrente, berço político do deputado emedebista.

Enquanto PT faz contas para crescer sua bancada, o MDB fica arquitetando como manter a cadeira de João Mádison na ALEPI, nem que seja beirando o achaque (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)

A EVOLUÇÃO DE MDB E PT

Tivemos o cuidado de ir atrás dos números. Em 2002 o então PMDB teve 267.858 votos para deputado estadual no Piauí. Isso correspondeu a 18% dos votos válidos na disputa por cadeiras na ALEPI. Naquele mesmo ano, o PT teve 139.680, um total de apenas 9,5 % dos votos válidos.

Quatro eleições depois, em 2018, o agora MDB teve 285.524 votos para deputado estadual, o que equivale a 15,72% dos votos válidos daquela disputa. Por sua vez o PT somou 335.324 votos, um total de 18,46% dos votos válidos, se tornando o maior partido em números absolutos de voto.

De 2002 pra cá, o eleitorado do Piauí cresceu 28%. O número de votos válidos dados a candidatos a deputado estadual subiu 24%. Mas enquanto o PT cresceu sua votação em 140%, o MDB -- estacionado no conforto das coligações -- cresceu míseros 6,5%.

MDB em reunião para ver como tirar vantagem de outros partidos da base governista nas eleições de 2022 (foto: Ascom Marcelo Castro)

VAI SAIR CARO

Que a porca venha a comer João Mádison com farofa não é nada que vá tirar o sono de qualquer outro deputado do MDB. Porém, um deputado a menos na ALEPI significa um espaço menor no governo e isso, acreditem, deixa qualquer filiado do partido insone. Por isso João é apoiado ao declarar que "o governador tem que se interessar mais pelo MDB", uma ameaça velada, numa tentativa de pintar com sutileza um quadro de coisa que parece achaque.

Para resolver esse problema de maneira pragmática, só tem um jeito: o governador Wellington Dias ceder mais espaços ao MDB, para que o partido possa entregar esses espaços a candidatos que possam ajudar na votação da legenda. Quem sabe, dando ao MDB a Secretaria de Meio Ambiente, que hoje está nas mãos do Progressistas.

Se olharmos para 2018, vamos ver que depois de João Mádison, a candidata mais votada do partido foi Liziê Coelho com 18.318. Essa é uma votação que dentro de um partido médio pode eleger um deputado, mas como se vê, no MDB, não passa de "bucha".

Esse abraço pode sair muito caro para o governador Wellington Dias, mas no final, é o contribuinte piauiense quem paga a conta (foto: Jailson Saores | PoliticaDInamica)

Os mais de 50 mil votos que o MDB precisa para manter sua bancada não são fáceis de achar por aí. E se acharem, também não é barato.

João chegou a comentar com jornalistas que o governador deveria remanejar filiados do PT para o MDB.

Se eu fosse petista, deixava essa fala de João Mádison na conta de piada, e se o governador desse cabimento a esse acordo de Oeiras botava na conta de afronta.

Mas eu não sou, então deixa esse pessoal se entender sozinho.

 

Fonte: Política Dinâmica

Última atualização ( Ter, 04 de Maio de 2021 14:32 )
 

Adicionar comentário

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes nas matérias relacionadas e esta coluna, são de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro/correspondente. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do Portal Saraiva Repórter.


Código de segurança
Atualizar

Novidades

Juiz celebra casamentos por videoconferência durante pandemi

News image

Na manhã desta quinta-feira (28 de maio de 2020), na cidade de José de Freitas-PI, que fica a 48 km da capital do Piauí (Teresina), no Cartório do 2º Oficio ...

Leia mais

Presidente Trump diz tomar hidroxicloroquina contra a covid-

News image

O presidente dos Estado Unidos, Donald Trump, disse que está tomando a droga hidroxicloroquina “há semanas” para se prevenir de uma possível contaminação pelo novo coronavírus, de acordo com o ...

Leia mais

Programa de redução de salário preserva mais de 7 milhões de

News image

O programa de redução temporária de salários e de suspensão de contratos de trabalho durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19) ajudou a preservar 7.206.915 de empregos, divulgou hoje (12) a ...

Leia mais

Entenda as regras de transição da reforma da Previdência

News image

A promulgação, nos próximos dias, da emenda à Constituição que reformou a Previdência exigirá atenção do trabalhador, principalmente do que estiver próximo de se aposentar. A proposta aprovada pelo Congresso ...

Leia mais

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federa

News image

O presidente Jair Bolsonaro determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares "estáticos, mó...

Leia mais

Proibição de telemarketing de telefônicas começa amanhã

News image

Entra em vigor nesta terça-feira (16) a lista Não Perturbe para as operadoras de telecomunicações. Os clientes incluídos nesse grupo não poderão ser objeto de ligações de telemarketing de empresas ...

Leia mais

Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência enviada p

News image

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 10, com 379 votos a favor e 131 contra, em primeiro turno, a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo Jair ...

Leia mais

Comissão aprova texto-base da reforma da Previdência

News image

Os deputados que integram a comissão especial da reforma da Previdência (PEC 6/19) na Câmara dos Deputados aprovaram na tarde de hoje (4) o parecer do relator, deputado Samuel Moreira ...

Leia mais

Bolsonaro: abro mão da reeleição se Brasil passar por reform

News image

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse na tarde de ontem (20), após participar da 27ª edição da Marcha Para Jesus, na capital paulista, que abriria mão da reeleição se o ...

Leia mais

"Se forçar a barra, não aprova nada", diz Bolsonaro sobre Pr

News image

O governo deve ceder para ver a reforma da Previdência aprovada, afirmou hoje (14) o presidente Jair Bolsonaro, em café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto, ao analisar a tr...

Leia mais

Cartão do Caminhoneiro entra em vigor no dia 20 de maio

News image

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, confirmaram ontem (16) que o Cartão do Caminhoneiro, criado pela Petrobras, entrará em testes a partir do di...

Leia mais

Senac de José de Freitas abre inscrições para o curso de Red

News image

O Senac de José de Freitas, por meio da sua gerente de Unidade, Dalyne Farias, torna público a abertura das inscrições para o curso de Redação para o Enem 2019. ...

Leia mais

Decreto de Bolsonaro facilita porte de armas para advogados,

News image

O decreto do presidente Jair Bolsonaro anunciado nesta terça-feira, 7, e publicado nesta quarta-feira, 8, no Diário Oficial da União (DOU) facilita o porte de armas de fogo para uma série ...

Leia mais

Reforma vai gerar economia de R$ 1,236 trilhão em 10 anos, d

News image

A economia prevista pelo governo com a reforma da Previdência pode chegar a R$ 1,236 trilhão, em 10 anos. O novo número foi divulgado hoje (25) pelo Ministério da Economia, ao...

Leia mais

Ministro Osmar Terra confirma que nova Lei Rouanet terá teto

News image

O governo confirmou a redução de 98% do valor máximo autorizado por projeto beneficiado com a Lei Rouanet. A diminuição de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão por projeto ...

Leia mais

More in: Novidades

-
+
3

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.